30.1 C
Tarauacá
22/02/2024

Polícia Federal faz operação contra Bolsonaro, Braga Neto, Valdemar e ex-assessores do ex-presidente, que deve entregar o passaporte


Operação também atinge os seguintes nomes ligados a Bolsonaro: general Braga Netto, ex-ministro da Defesa e da Casa Civil; general Augusto Heleno, ex-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI); general Paulo Sérgio Nogueira, ex-ministro da Defesa e ex-comandante do Exército; general Estevam Cals Theóphilo Gaspar de Oliveira, ex-chefe do Comando de Operações Terrestres do Exército; almirante Almir Garnier Santos, ex-comandante-geral da Marinha; Anderson Torres, delegado da PF e ex-ministro da Justiça; Valdemar Costa Neto, presidente do PL, partido de Bolsonaro; Tercio Arnoud Thomaz, ex-assessor de Bolsonaro; Ailton Barros, coronel reformado do Exército.

Jair Bolsonaro não pode sair do país Foto: Epa

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta quinta-feira (8) a Operação Tempus Veritatis. O objetivo é investigar uma organização criminosa que, segundo a corporação, atuou na tentativa de golpe de Estado e abolição do Estado 

Democrático de Direito para obter vantagem de natureza política com a manutenção do então presidente Jair Bolsonaro no poder. Já foi preso o ex-assessor de Bolsonaro, Filipe Martins, que fez gesto supremacista branco no Senado, o que foi flagrado pelas câmeras. O ex-presidente também foi intimado a entregar o passaporte, por risco de fuga. A determinação é do ministro Alexandre de Moraes, a pedido da PF.

Estão sendo cumpridos, ao todo, 33 mandados de busca e apreensão e quatro mandados de prisão preventiva, além de 48 medidas cautelares que incluem a proibição de manter contato com outros investigados; a proibição de se ausentar do país, com entrega dos passaportes no prazo de 24 horas; e a suspensão do exercício de funções públicas.

Filipe Martins, expoente da ala ideológica, foi flagrado gesticulando às costas de Pacheco

As medidas judiciais, expedidas pelo Supremo Tribunal Federal (STF), estão sendo cumpridas nos seguintes estados: Amazonas, Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Ceará, Espírito Santo, Paraná e Goiás, além do Distrito Federal. O Exército Brasileiro acompanha o cumprimento de alguns mandados.

“As apurações apontam que o grupo investigado se dividiu em núcleos de atuação para disseminar a ocorrência de fraude nas eleições presidenciais de 2022, antes mesmo da realização do pleito, de modo a viabilizar e legitimar uma intervenção militar, em dinâmica de milícia digital”, informou a PF.

“O primeiro eixo consistiu na construção e propagação da versão de fraude nas eleições de 2022, por meio da disseminação falaciosa de vulnerabilidades do sistema eletrônico de votação, discurso reiterado pelos investigados desde 2019 e que persistiu mesmo após os resultados do segundo turno do pleito em 2022”, completou a corporação.

Já o segundo eixo de atuação do grupo, de acordo com o comunicado, consistiu na prática de atos para subsidiar a abolição do Estado Democrático de Direito, por meio de um golpe de Estado, com apoio de militares com conhecimentos e táticas de forças especiais em “ambiente politicamente sensível”.

Por fim, a PF destacou que os fatos investigados configuram crimes de organização criminosa, abolição violenta do Estado Democrático de Direito e golpe de Estado. 

Por Jornal do Brasil

Com Agência Brasil



Blog do Accioly

Recente:

IA do Google gera imagem de nazista negro, e empresa suspende o serviço

Dois dias atrás, um usuário do X (ex-Twitter)...

o que é o objeto mais brilhante do universo

O quasar recordista brilha 500 trilhões de vezes...

Lucro da criadora de sites Wix.com dobra; prevê crescimento do produto Studio em 2024

A empresa israelense foi impulsionada por seu novo...

Boletim de Informações

spot_img

Não deixe de ler:

IA do Google gera imagem de nazista negro, e empresa suspende o serviço

Dois dias atrás, um usuário do X (ex-Twitter)...

o que é o objeto mais brilhante do universo

O quasar recordista brilha 500 trilhões de vezes...

Lucro da criadora de sites Wix.com dobra; prevê crescimento do produto Studio em 2024

A empresa israelense foi impulsionada por seu novo...
spot_img

PROMOTOR SE REUNE E DIALOGA COM CONSELHEIROS TUTELARES

Na tarde da última segunda-feira, 19, a Promotoria de Justiça Cível de Tarauacá, por meio do promotor Júlio César de Medeiros convocou uma...

Governo do Acre prorroga cadastro de reserva do concurso da Polícia Civil

Em reunião na sede da Polícia Civil nesta segunda-feira, 19, o secretário de Governo, Alysson Bestene, acompanhado do delegado-geral da Polícia Civil do...

IFAC é o 2° instituto federal mais inovador do Brasil

O Instituto Federal do Acre ainda ocupa a 1ª colocação entre os institutos federais mais empreendedores da Região Norte e a 12ª posição...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui